Buscar
  • Norberto Tordin

LGPD - Mapas: Fluxo de Dados e Processos



Muitos são os requisitos para que uma empresa esteja compliance com a LGPD.

Na mesma proporção são os esforços e investimentos para poder estar mais próximo do mundo ideal de compliance.

As informações, dados, necessidades e demandas são muito dinâmicas e não podem ser encaradas como restritivas em função do risco da empresa ser notificada ou autuada porque deixou de se atualizar em relação aos requisitos da LGPD.


Todo projeto para adequação da empresa à LGPD será um grande desafio e exigirá esforços e comprometimento.


A NAI-IT entende que se algumas bases forem atendidas a empresa estará, dentro de níveis de maturidade, se adequando ao que a LGPD prevê.

Já abordamos em alguns posts anteriores (https://www.lgpdestruturado.com.br/blog-1) o modelo de Mapeamento Dinâmico Estruturado que possibilita estabelecimento de padrões e metodologia para as atividades da consultoria, além do dinamismo que é preciso.


Vamos falar sobre o "Mapa de Fluxo de Dados", "Mapa dos Processos".

Quando alguém questionar sobre estes mapas, como o Encarregado do Dados responderá? Está fácil de obter? Estão em planilhas? Estão em documentos pdf?

Se estes dados estiverem estruturados e usando o modelo proposto pela NAI-T, o Encarregado dos Dados terá um único esforço que será acessar o ambiente e gerar os mapas (em questão de alguns poucos segundos).


O "Mapa do Fluxo de Dados" entrega uma estrutura do caminho percorrido por um dado coletado pelos diversos sistemas da empresa, destacando qual a qualificação que recebe em cada um destes sistemas, além da base legal e mais algumas informações importantes. É possível, dentre outras análises, verificar se um dado coletado tem uso em outro sistema, de forma que o saneamento seja mais fácil de ser realizado.


O "Mapa dos Processos" entrega uma estrutura contendo todas as atividades mapeadas no processo, suas micro atividades e documentos / dados coletados ou tratados na respectiva atividade. Assim, é possível identificar nas atividades do processo quais dados ou documentos utilizados e se realmente são necessários.


Em resumo, as atividades do Encarregado de Dados são extensas e demandam muito tempo para serem preparadas e disponibilizadas.

Uma plataforma estruturada ajudará em muito o atendimento das demandas e facilitará o dia a dia do Encarregado de Dados. Providenciar estes mapas é um dos muitos itens que a plataforma da NAI-IT auxiliará ao DPO.


Norberto Tordin

Diretor Comercial da NAI-IT



59 visualizações

Fale conosco

Se for a sua vontade, não precisa se identificar.